ANESTESIA!!!??

medo dori e nemo

Antes de começar o tratamento de em um paciente, tenho sempre o costume de conversar bastante com os pais e com a criança. Para falar sobre os procedimentos que envolvem o tratamento. E é unanime, quando cito a palavra anestesia, a careta dos pais é expontânia e imediata.

Mas Doutora precisa mesmo de anestesiar?!

Uma coisa que talvez não seja clara para os pais é que a anestesia é um artefato valiozíssimo para a cooperação da criança ao tratamento. Uma vez que não sentirá dor.

Os dentes de leite (decíduos) e os tecidos gengivais na cavidade oral das crianças são inervados. Portanto, se houver a necessidade de tratar uma carie com envolvimento de dentina, realizar um tratamento endodôntico ( canal) ou até mesmo realizar a exodontia de um dentinho de leite, será necessário sim anestesiar! Para que aconteça o que todo pai mais deseja: seu filho não sinta dor!! Só assim conseguiremos trabalhar com esta seguramça e presando o conforto do paciente.

Doutora mas não dá pra testar primeiro se ele vai sentir dor, e se doer você anestesia?!! Não, não dá! A questão é a eminência da dor. Só da criança imaginar que ela pode sentir dor,  não consegue ter um comportamento cooperativo e relaxado. E a maioria das crianças quando sente dor uma vez não vai querer mais realizar o procedimento, o que é compreenssível.

Claro que existem procedimentos menos invasivos que não são necessários anestesiar previamente,como restaurações superficiais e selantes, mas esta decisão cabe ao odontopediatra.

E Doutora, porque você não usa só uma pomadinha, não pode ser? Não, não pode ser! As pomadas anestésicas tem sua indicação sim, mas para realizar a anestesia superficial de tecidos moles, como a gengiva. Então utilizamos este tipo de anestesico tópico para desensibilizar a área antes de aplicar a anestesia injetável, e gerar menos desconforto para o paciente.

Muitos pais por terem medo de injeção ou anestesia acabam passando isso para criança. Mas a anestesia , por vezes,  trata-se de um procedimento essencial para o tratamento, e que só trará benefícios ao paciente e tranquilidade para o trabalho do profissional. Desta forma tire suas dúvidas com o odontopediatra do seu filho (se quiser contar sobre suas experiências com agulha , injeção e dor, não o faça na frente da criança) e confie sem receio , que o professional que você escolheu fará o melhor para o bem estar do seu filho. E se você papai estiver na duvida do que dizer, é melhor deixar que o odontopediatra converse e explique tudinho por você. Conversamos com a criança , explicamos que o dentinho vai dormir e as sensações que ela vai sentir de forma tranquila e fica tudo bem!

Ver também perdendo o medo de injeção

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s