Arquivo mensal: maio 2013

Antibióticos prejudicam os dentes?

mito

Não é verdade que os antibióticos mancham e enfraquecem os dentes!!

Então já vou avisando aos papais…. não dá para usar esta desculpa se seu filho tiver carie!!

Antigamente, quando não se sabia do efeito de um antibiótico chamado tetraciclina sobre a formação dos dentes, ele era largamente utilizado. Hoje em dia sabe-se que quando usado em gestantes ele pode causar manchas nos dentes do bebê e efeitos teratogênicos – por isso seu uso durante a gravidez é proibido.  E se este fosse administrado para crianças até 7 anos poderia ocorrer manchas nos dentes permanentes. Desta forma, este medicamento não é mais utilizado nestas circunstâncias, por ser do conhecimento dos profissionais da saúde este fatores.

O antibiótico mais usado atualmente, a amoxicilina, é sabidamente inofensiva aos dentes ( bem higienizados!). Ou seja: não causa mal algum!

A maioria dos medicamentos infantis , para ser gostoso e fazer com que as crianças tomem facilmente, são extremamente doces. E isto vale para os analgésicos, antiinflamatórios, antialérgicos e antibióticos.

Então o verdadeiro vilão para os dentes é o açúcar. A sacarose que fica depositada na superfície dos dentes da criança após a administração do medicamento aumenta os riscos de uma cárie.

Então, se escovar os dentes depois da medicação, o problema está resolvido?

Exatamente!! Seria o ideal! O problema é que muitas vezes as doses acabam sendo de madrugada. Então mesmo se isso acontecer e não for possível escovar os dentes do seu filho, dê um pouquinho de água pra ele beber . Assim dilui-se e enxagua-se a medicação, diminuindo a probabilidade de danos aos dentinhos.

Continuo batendo na mesma tecla e repetindo o alerta da importância da prevenção. Porque podemos concluir mais uma vez que a presença de um sorriso saudável está diretamente relacionada com os cuidados na higienização.

Anúncios

Medicamentos mancham os dentes?

medicamento

Quando alguns pais chegam no consultório já afirmando: _ Essa mancha no dente do meu filho é porque ele tomou muito antibiótico.; ou , – Parei de dar o a medicação com ferro que o pediatra pediu porque escurece os dentes….

Fica claro o quanto este tema ainda é cheio de mitos….

As manchas nos dentes podem acontecer por diversos motivos. E só um exame clinico criterioso pelo profissional pode esclarecer as dúvidas dos pais e estabelecer um diagnóstico.

As pigmentações dentárias podem ser divididas em : alterações de cor extrínsecas ( causada por deposição de substâncias e corantes na superfície do dente) ou intrínsecas  (que ocorrem durante a formação do dente, estas são alterações no desenvolvimento dentário que afetam a estrutura esmalte/dentina).

Estas alterações de cor podem ser localizadas ou generalizadas, permanentes ou transitórias.

Hoje vamos falar das manchas extrínsecas, que apesar de mais superficiais, não saem facilmente com a escovação quando já estão estabelecidas, mas uma boa escovação diária evita que elas apareçam.

Causas mais frequentes:

  • Ingestão excessiva de alimentos de pigmentação escura. (ex: refrigerantes, chocolates e biscoitos). O suco de uva, que é o preferido das crianças, pode sim , e causam com frequência manchas localizadas nos dentes superiores anteriores. Então o legal é variar a alimentação  evitando aqueles com corantes artificial e escovar os dentes logo após.
  • Resultante da ingestão de ferro temporariamente pela criança (ou medicação com polivitamínicos que apresentem o sulfato ferroso).Os estudos comprovaram que o fluxo salivar do paciente que usa a medicação com sulfato ferroso, apresenta alta concentração de ferro e este pode se impregnar na placa bacteriana causando os pigmentos escurecidos.
  • Presença de bactérias cromogênicas, que deixam a parte interna dos dentes com coloração enegrecida. Não existe ainda um fator claro causador dessa alteração, mas sabe-se que o pigmento é e uma resultante da interação entre bactérias e a saliva. Não há também um remédio para fazer com que ela desapareça. Estudos relacionam os pacientes que apresentam esta bacteria salivar com a presença de um menor índice de cárie.

Mas o que tem que ficar claro para os pais é que, se a escovação estiver sendo bem feita sempre , garantindo a remoção da placa bacteriana,  os pigmentos não irão se acumular tão facilmente. E se ocorrer a pigmentação ela pode ser removida com uma profilaxia odontológia (sugere-se realizar a limpeza no dentista de 3/3 meses quando estiver fazendo o uso da medicação  ou apresentar bactérias cromogênicas , para que não ocorra comprometimento estético)

Obs: Outro ponto importante é que a medicação jamais deve ser interrompida por conta própria, se o pediatra prescreveu o sulfato ferroso para seu filho, existe uma razão de ser. E se o ponto adverso da medicação for somente a pigmentação dentaria, fique tranquilo que ela é transitória e removível.

E o antibiótico?  click no link