Bruxismo Infantil

bruxismo 2

Meu filho range os dentes, isso é normal?

Um hábito que atualmente, tem sido cada vez mais frequente entre as crianças, e que gera preocupação e muitas dúvidas entre os pais: o bruxismo.

O nome é estranho e não tem nada a ver com as bruxas!

A origem do termo é derivada da palavra grega brychein, cujo significado é triturar ou ranger os dentes, e da palavra mania, que significa compulsão, gerando a expressão la bruxomanie (bruxomania).

Afinal o que é o bruxismo?

O bruxismo é o ato de apertar ou ranger os dentes. Pode acontecer de dia ou durante o sono, e ser de forma consciente ou inconsciente. Pode se manifestar em qualquer idade e apresentar carater fisiológio e/ou patológico.

E porque a criança tem bruxismo?

Não é porque ela está com vermes! Como pensavam os antigos, isso é uma lenda.

Existem fatores que predispõem ao bruxismo, tais como:

– fatores dentários: quando existem interferências dentais que impedem que a mordida tenha um bom encaixe;

– fatores de ordem sistêmica: crianças alérgicas, respiração bucal, deficiências nutricionais, disturbios neurológicos (p. ex. autismo);

– fatores hereditários;

– hábitos alimentares inadequados : crianças que não mastigam alimentos consistentes e não usam a sua função mastigatória, podem procurar suprir esta necessidade através do ranger dos dentes.

– fatores emocionais : stress, agenda lotada de atividades, a chegada de um irmão, divórcio na família, escola nova, hiperatividade , entre outros;

No caso dos bebês, alguns estudos classificam o hábito como fisiológico, pois atricionar os dentinhos recém erupcionados, tem o intuito de promover um melhor encaixe oclusal e ajustar possíveis interferências. Mas os pais devem se manter atentos, pois neste caso o hábito deve ser transitório e normalmente é diurno.

Outro momento da infância que o bruxismo fisiológico pode estar presente, é na fase de início da troca dos dentes. Por uma necessidade natural do organismo de acomodá-los, pois esta atividade muscular, ativa o crescimento e desenvolvimento das bases ósseas.

O ideal, é que tão logo os pais percebam este hábito nos seus filhos, marquem uma consulta com o odontopediatra. Para que o profissional possa realizar uma avaliação e diagnosticar qual é o tipo de bruxismo presente na criança. E orientar aos pais se eles devem , ou não, se preocupar. Uma vez que, se tratando de um bruxismo patológico, ascende um sinal de alerta para os pais.

Atenção aos  sinais e sintomas, e ao que se pode fazer para prevenir os fatores que predispõem ao bruxismo.

Anúncios

2 comentários em “Bruxismo Infantil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s