Arquivo mensal: janeiro 2014

Troca dos dentes

Imagem

Hoje ri muito com uma paciente que foi trocar seu primeiro dentinho! Ela chegou indignada, tipo a Mafalda na tirinha acima! Rsrs! E cheia de dúvidas, claro!

Primeiro a tranquilizei. Respondi todas as pergutas, dela e da mamãe (de primeira viagem) que estava acompanhando.

As dúvidas da mamãe: Ela está na idade certa para trocar os dentes? O dente ficou mole e eu não sabia o que fazer, deixo ela balançar? Eu mesma tento tirar? Como?

Todas estas questões estão respondidas no post : Dentes mole?!! E agora?

Imagem

As preocupações da Clarinha eram : Porque tenho que trocar de dente, se meu dente é tão bonito? Não quero ficar banquela! Isso vai acontecer só comigo? Vai demorar quanto tempo para o outro dente nascer?

Está é uma fase bem legal e simbólica para os pequenos perceberem que já estão ficando grandinhos. É importante explicar para criança que isso vai acontecer com ela, e com todos os amiguinhos. E que o papai, a mamãe e até a vovó já passaram por isso! Histórias divertidas ajudam a criança a tratar com naturalidade o momento. Relate como foi pra você… Se a fada do dente apareceu ou não… Quem te ajudou a tirar o primeiro dentinho…

E conte sempre com a ajuda do odontopediatra, o ideal é que este seja um momento especial e divertido para a criança.

Anúncios

A Boca Mágica

Image

Que tal aproveitar as férias para aprender novas histórias e brincadeiras?!

A dica de hoje, é o livro a Boca Mágica.

Ele conta a história de Lico, um garoto que depois de sofrer a pior das dores, a dor de dente, é levado para interior de sua própria boca. Conhece o Tridente Celeste, os três primeiros dentes da terra. Com eles descobre o plano do terrível vilão Ácido X, que quer roubar o sorriso de todas as crianças. Decide então escrever um livro para convencer as crianças que elas serão muito mais felizes se sorrirem com os próprios dentes

Image

No site https://www.abocamagica.com.br/  você encontra diversas histórias pra contar aos pequenos, idéias para bricar e estimular os cuidados com a higiene bucal.

Image

Língua Presa

Imagem

Também chamada de anquiloglossia,a língua presa ocorre quando a parte de baixo da língua fica presa ao assoalho bucal.  Isso se deve ao freio ligual encuratado, o que dificulta a movimentação livre da língua.

O freio lingual é uma prega de tecido localizada embaixo da língua e que se insere na parte de trás da gengiva inferior.

O diagnóstico e o tratamento dessa pequena alteração, ainda não é um consensso entre os profissionais da saúde. Mas, pediatras, fonoaudiologos e odontopediatras concordam que cada caso tem sua peculiaridade, por isso a conduta deve ser individualizada, afim de não padronizam a frenectomia como tratamento para todos os casos.

A frenectomia consiste em um procedimento cirúrgico para a remoção do freio e liberação dos movimentos da língua. A grande dúvida é,quando é necessária a frenectomia?

O comprimento do freio e o grau de restrição dos movimentos da língua que vão ditar todo o processo.

Há casos, em que os movimentos da língua, ficam restritos a tal ponto que podem prejudicar a amamentação, pois o bebê não consegue realizar uma sucção eficaz. Assim como há casos de freios encurtados que prejudicam consideravelmente, o desenvolvimento da fala.

Em situações mais brandas, mesmo tendo o freio considerado curto, a criança não tem nenhum transtorno em seu desenvolvimento, conseguindo uma amamentação tranquila e falando corretamente.

Imagem

Não existe uma idade certa para se realizar a cirurgia, que poderá ser feita pelo odontopediatra ou por um cirurgião pediátrico,.De qualquer maneira, se existem alterações no padrão da deglutição e no padrão articulatório verbal é importante a intervenção do terapeuta da fala para a reorganização do padrão motor da lingua para a função.

Obs: é bastante comum, casos em que  mesmo havendo um encurtamento consideravel do freio lingual, a criança consegue um padrão motor adequado tanto para a deglutição como para a fala. E as dificuldades que muitas vezes apresenta, ao nível da linguagem/fala, nada têm a ver com a motricidade lingual.

Por conta desta observação se pondera bastante a indicação da frenectomia como única alternativa, uma vez que muitos paciente com esta alteração se desenvolvem bem e nem de tratamento precisam.

O importante é que seja realizado um acompanhamento com o pediatra e odontopediatra, para que estes profissionais  avaliem o padrão do freio ligual da criança e sua influência no seu desenvolvimento.

Imagem