Arquivo da tag: escovaçao

App do bem!

bebe ipad

Além de correr, pular, andar de bicicleta, pintar e desenhar as crianças da era dos smarthfones e tablets também adoram brincar com os aplicativos dos nossos iphones e ipads não é verdade?!

E porque não, usarmos essa atração pelos sons, imagem e interatividade para estimular a saúde bucal?!

Então, aí vão algumas dicas de aplicativos:

  •  A Guerra dos Mutans, é um aplicativo brasileiro, que foi desenvolvido e lançado para a versão Ipad. O jogo aborda o tema deforma lúdica, por meio da história infantil que conta a batalha da família Rizo contra os Mutans: a família não gosta de escovar os dentes e acaba sendo aterrorizada pelos monstros. Além de divertir, seu filho aprenderá de forma descontraída como  cuidar da saúde bucal.

Imagem

  • O Talking Ginger (parece que tem tanto pra IOS quanto para Android), é um aplicativo que tem como personagem um gatinho. Ele ensina as crianças sobre hábitos de higiene e como escovar os dentes! O bacana desse aplicativo é que ele tem um tempo de duração (cerca de 2 minutos). Durante esse tempo, o gatinho escova os dentes. Com isso, a criança é estimulada a escovar junto com o personagem e só pode parar quando o tempo terminar!

Imagemaplicativo gatinho

  • Esse é para os pré adolescentes. O BrushDJ, é um aplicativo gratuito, com um temporizador da escovação. O tempo e calculado com 2 minutos de músicas tiradas de dispositivo do usuário. A intenção é que as músicas preferidas da criança sejam um incentivo a escovação por um período eficaz de tempo. O aplicativo também permite ao usuário, definir lembretes para escovar duas vezes ao dia, usar fio dental, e quando está na hora de ir ver o seu dentista.

aplicativo 3aplicativo dj

Encontrar formas divertidas de ensinar a escovar os dentes e cuidar da saúde bucal sempre é uma boa alternativa.

Anúncios

A famosa: Cárie

 Imagem

Apesar de ser uma vilã amplamente conhecida nas suas causas e consequências, ainda hoje, é a doença que mais atinge a cavidade bucal.

O que é carie?

É uma doença que se caracteriza pela destruição das estruturas dentárias. Apresenta um caráter multifatorial – dependente da dieta, dos hábitos de higiene,  de bactérias, e da resistência imunológica e dentária de cada individuo.

Para falar de cárie temos que entender as estruturas dentárias.Na coroa temos uma parte externa que chamamos de esmalte que é a parte mais resistente por ser mais mineralizada, logo abaixo do esmalte fica a dentina que é menos mineralizada e por isso menos resistente a cárie.

Link: A importância dos dentes de leite tratamento de canal em dente de leite

diagrama 2

Como ela ocorre?

Podemos dizer, que certas bactérias quando se acumulam na superfície dentária, promovem um ataque ácido, dissolvendo assim o mineral presente no esmalte.

Para a produção destes ácidos as bactérias utilizam-se de restos alimentares, principalmente dos carboidratos (pão, salgadinhos, bolachas, cereais e frutas) e alimentos açucarados (chicletes, bala, chocolate, e refrigerantes). Estes ficam grudados na superfície do dente formando a película de biofilme. As bactérias vão se aderindo a esta placa e se alimentando dela. Neste processo, as bactérias produzem um ácido corrosivo ao esmalte dentário.

A cárie sempre se inicia com uma mancha branca na superfície do dente, este é o primeiro sinal da atividade bacteriana. Neste estágio inicial, é possível paralisar o processo desde que haja mudança de hábitos da dieta, melhora na higienização e fluorterapia.

Se não ocorrer a estagnação desta mancha branca, e a atividade da cárie permanecer aguda, a perda de tecido mineral do esmalte pela placa cariogênica supera em velocidade a reposição fisiológica destes minerais pela saliva. Então em um curto espaço de tempo ocorre a destruição da estrutura dentaria, quando podemos observar cavidades. Repito mais uma vez: Curto espaço de tempo! Surpreendendo os pais.

Neste estágio de cavidade, a cárie já ultrapassou o esmalte  e atingiu a dentina (camada menos resistente – por ser menos mineralizada, e que apresenta sensibilidade aos estímulos externos, como doce, gelado e quente.). Sendo então necessário tratamento restaurador o quanto antes, afim de evitar a progressão da lesão e sintomas dolorosos.

Se não tratada, as bactérias podem atingir a polpa dentária. Levando a um quadro inflamatório por infecção. E o tratamento desta lesão mais avaçada é o tratamento endodôntico (canal) ou se o dente tiver perdido muita estrutura , infelizmente sua extração. (Mais informações no link: tratamento de canal em dente de leite?)

estagios carie 2

Os pais devem se manter atentos tanto nos hábitos de higiene quanto na dieta. Acompanhar de perto qualquer sinal de manchas nos dentes para perguntar para o dentista, pois pode ser inicio de carie ou algum defeito no esmalte. Não esperar que seus filhos reclamem de dor para levá-los ao dentista. Na maioria das vezes é possível prevenir ou estagnar a cárie inicial.

Optar pela prevenção é sempre a melhor escolha.

Criança tem que usar fio dental?

fi0

Para beneficiar as crianças com uma infância livre de cáries, os pais devem estar atentos, e a dica é motivar desde cedo os hábitos de higiene bucal. Muitas vezes, um personagem importante do ritual da escovação fica esquecido: o fio dental.

E criança tem que usar fio dental?

Apartir do momento que erupcionar um dente do lado do outro é preciso sim usar o fio dental.

bebe fio dental

E só escovação não basta?

Não, entre um dente e outro, as cerdas da escova não alcançam.

Mesmo se a criança tiver os dentes separadinhos, ela tem que usar o fio dental?

Claro, pois o importante é remover a placa bacteriana nesta região.

Lembrando, o fio dental não é usado apenas para remoção de restos alimentares, mas sua frição na superficie dentária promove a remoção da placa bacteriana naquela região.

É muito difícil para as crianças que ainda não apresentam a cordenação motora bem desenvolvida o uso do fio dental convencional. Está função, até mais ou menos 8 anos, é responsabilidade dos pais ou de um adulto.

Desde bebê o fio dental deve ser apresentado. Deixar que a criança manipule, coloque na boca, tente imitar os pais usando (papai e mamãme… dêem o bom exemplo!) assim desde a infância fica entendido que faz parte da rotina e que a escovação só está completa se usar o fio dental também.

Existe um fio dental chamado –  fio dental montado, que pode facilitar a vida dos pais e das crianças. Ele já vem esticadinho, então não precisa ficar enrrolando no dedo. Existem vários formatos e cores.

fio girafafio dental montado 2

E para estimular os pequenos lhes dando mais autonomia, deixe que eles façam sozinhos primeiro e depois um adulto finalize.

Não existe um fio dental indicado especificamente para criança, pode ser qualquer um. Claro que um gostinho a mais, cores, um fio extra deslizante, personagens infantis…. Isso tudo, acaba chamando mais atenção e melhorando a cooperaçao infantil, mas o importante é usar!